#Bahia- Divulgado o resultado da 6ª Edição do AbriU Dança na Bahia

Acabou a espera. Depois de analisarem mais de 400 inscrições com propostas de artistas e grupos, interessados em participar das Mostras Coreográficas em mais de 10 cidades baianas, a 6ª Edição do AbriU Dança na Bahia divulgou os nomes que se apresentarão em Salvador e em Camaçari.

A lista completa você confere no site da mostra e aqui abaixo:

SALVADOR  29 de março

Solos:
Studio Ballet Cajazeiras – Coisas não ditas – ALICE RODRIGUES
Caique Melo – Refuge – CAIQUE MELO
João Lima – Eu de onde venho, para onde vou – JOÃO LIMA

Duo/Trio:
Dois em um – Você aceita? – Interpretes criadores JOCÉLIA FREIRE, ALISSON GEORGE E THALITA LIMA

Gupos:
Coletivo Tripé – Fraturas – Coreografia e direção MAURÍCIO DE OLIVEIRA
Grupo Origem – Ginga – Coreografia e direção WELLIGNTON MONTEIRO
Ramon Moura – Perene – Coreografia e direção RAMON MOURA

Suplentes Grupos:
Cia do Meio – O Santo e Antônio – Coreografia e direção LEILA GOMES E CIA DO MEIO
Cia Cenas e Bailados – Suicidio Anacrômicos – Coreografia e direção JEAN SOUZA

Suplente Solo
Marcos Ferreira – 1° Eu,2° Eu,3° Eu – MARCOS FERREIRA

CAMAÇARI – 07 de abril 
Solos:

Everton Bacélla – Sentença – EVERTON BACÉLLA
Angela Cheirosa- Dança do ventre e afrodescendencia – ANGELA CHEIROSA

Duo/Trio:
Vibe CIA de Dança – conversas em ruídos – DANILO ALMEIDA

Grupos:
LX VIP- Pagode quebradeira – MARIVALDO ARAÚJO / DENISON FELIX
Honório Cia. De Dança – Fragmentos de um código esquecido – CLAUDIANA HONÓRIO
Ensaio Cia de Dança – Sufoco – LUIS DEVEZA

Suplente Grupo:
Eliane Brasil – Ponto de encontro – Wellington Monteiro, Lima Pinheiro, Cleiton Miranda, Cid Neto

Parabéns aos selecionados!

O resultado da convocatória das mostras dos municípios de Bonfim, Jequié e Valença será divulgado no dia 05 de Abril. Todas as informações e convocatórias serão publicados no site https://abriudancanabahia.wordpress.com/

O Abriu dança foi concebido pelo diretor Anderson Rodrigo e conta com a coordenação artística pedagógica de Bruno Jesus e na coordenação de produção Leonardo Luz.  Neste ano, o projeto foi contemplado pelo Edital Setorial de Dança que conta com apoio financeiro do Governo do Estado, por meio da Fundação Cultural do Estado (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura (Secult), através do Fundo de Cultura do Estado e da Secretaria da Fazenda (Sefaz).