Uma narrativa sensorial sobre o obscuro contemporâneo do “De repente fica tudo preto de gente”

Idealizado pela artista Sheila Ribeiro,  o 7×7 é um projeto de manifestações crítico-poéticas em torno de trabalhos artísticos escritos por artistas. Desde 2009, o 7×7 olha para o que acontece em dança contemporânea por ai. Nascido durante o Festival Contemporâneo de Dança (SP), já cobriu o Festival Panorama (RJ), Olhares sobre o Corpo e  FID (MG), Panorama Sesi (SP), Bienal SESC de […]

LOUPPE EM PORTUGUÊS, resenha da obra “Poética da Dança Contemporânea”

Laurence Louppe, francesa nascida em 1938, foi uma das mais importantes historiadoras e críticas de dança da França. Sua obra mais importante, Poéticas da Dança Contemporânea, foi traduzida para o português por Rute Costa e publicado em 2012, pela Orfeu Negro (Lisboa, Portugal), no mesmo ano da morte da autora. Louppe escreveu para o jornal […]

Crítica de 7×7 sobre VÁCUO- I, Impostor – de Key Zetta e Cia na Bienal Sesc de Dança 2013

Idealizado pela artista Sheila Ribeiro,  o 7×7 é um projeto de manifestações crítico-poéticas em torno de trabalhos artísticos escritos por artistas. Desde 2009, o 7×7 olha para o que acontece em dança contemporânea por ai. Nascido durante o Festival Contemporâneo de Dança (SP), já cobriu o Festival Panorama (RJ), Olhares sobre o Corpo e  FID (MG), Panorama Sesi (SP), Bienal SESC de […]

Wagner Schwartz abre o Projeto 7×7 que cobriu a Bienal SESC de Dança 2013

*Idealizado pela artista Sheila Ribeiro,  7×7 é um projeto de analises crítico-poéticas de trabalhos artísticos escritos por artistas. Desde 2009, o 7×7 olha para o que acontece em dança contemporânea dentro e fora de festivais. Nascido durante o Festival Contemporâneo de Dança (SP) até hoje, já cobriu o Festival Panorama (RJ), Olhares sobre o Corpo […]

RENDA, difundindo a dança nordestina para o Nordeste

Entrelaçar fios: uma RENDA   Joyce Barbosa “…a rede [está] em constante movimento, como um tecer e destecer ininterrupto das ligações. É assim que efetivamente cresce o indivíduo, partindo de uma rede de pessoas que existiam antes dele para uma rede que ele ajuda a formar.” (Elias, Norbert. “A sociedade dos indivíduos”. Editora Jorge Zahar, […]