2012/1

janeiro > abril 2012

Nesta edição:

Desh_Akram Khan Company / Foto: Richard Haughton

Bailarino do invisível: Akram Khan

Deborah Rocha entrevista o bailarino e coreógrafo londrino Akram Khan, que fala sobre seu mais recente trabalho Desh, seu processo de trabalho, sua origem em Bangladesh e seus projetos.

Muovere_Desvio / Foto: Divulgação

Desvio que sinaliza caminhos na dança gaúcha

Carlinhos Santos fala sobre o processo de criação de Desvio, o novo trabalho da Muovere Cia de Dança, no estacionamento do Centro Municipal de Cultura de Porto Alegre.

texto Airton Tomazzoni / Foto: gettyimages.com

Dança para crianças ou o jogo dos sete erros ???

Neste texto Airton Tomazzoni discorre sobre sete questões que envolvem o corriqueiro ato das crianças subirem ao palco para apresentarem espetáculos. O trabalho de sala de aula precisa necessariamente ter como fim e resultado o palco? O palco não pode ser um play-ground dançante?

PINA 3D / Foto: Divulgação

PINA 3D por João Saldanha

A partir do filme lançado recentemente, o coreógrafo João Saldanha faz um panorama da carreira dos conterrâneos Wim Wenders e Pina Bausch. Não perca!

Cavalo, de Michelle Moura

7×7 – Cavalo, de Michelle Moura

O segundo texto desta edição do projeto 7×7 traz dois olhares sobre o trabalho Cavalo, de Michelle Moura. Confira as reflexões de Bruno Levorin e Daniel Kairoz e deixe seu comentário.

Dionysus in ’69 (1968-1969) – The Performance Group, encenado por Richard Schechner / Foto: Richard Schechner

Campo de estudos chamado Performance Studies

Os pesquisadores portugueses Ricardo Seiça Salgado e Ana Bigotte Vieira passaram uma tarde com Richard Schechner, um dos fundadores do departamento de Performance Studies, na Tisch School of the Arts da Universidade de Nova York. Ele fala sobre o anos 60, a palavra performance, e o nascimento dos Performance Studies.

Aataba de Taouffik izzediou / Ilustração: Vania Medeiros

7×7 – Aataba, de Taoufik Izeddiou

Confira a primeira publicação da nova série do projeto 7×7. A artista Vânia Medeiros interpreta, em uma ilustração, o espetáculo Aataba, do coreógrafo marroquino Taoufik Izeddiou. Confira!