Lia Rodrigues Cia. de Danças faz estréia nacional de Encarnado no Rio

A nova criação da Lia Rodrigues Companhia de Danças, Encarnado, faz sua estréia nacional no dia 5 de julho no Mezanino do Espaço SESC (Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana), onde fica em cartaz durante todo o mês de julho, de quinta a domingo.

O espetáculo estreou em novembro de 2005, em Paris, e desde então já foi apresentado mais de 30 vezes na França, Noruega, Alemanha, Itália, Canadá, Dinamarca e Áustria.

A primeira idéia de Encarnado surgiu a partir do livro “Diante da dor dos outros”, de Susan Sontag. A partir dessa leitura, várias questões foram colocadas: o que sentimos diante da dor dos outros? É possivel se aproximar de quem está sofrendo? Como a dor dos outros nos afeta? Como a nossa própria dor nos afeta? Como criar um território comum, trabalhar em grupo, criar comunidades? Como criar condições, estratégias e táticas para a concretização de um espetáculo? Como, onde e por que fazer dança hoje?

Essas perguntas serviram como motor de ação tanto para a criação de Encarnado como também para um movimento em direção a uma nova forma de ocupação doa Casa de Cultura da Maré, onde a Lia Rodrigues Companhia de Danças diariamente trabalha. Daí a decisão de propor uma residência  junto ao CEASM – Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré. A proposta com essa residência é colocar um projeto de arte contemporânea funcionando ao lado de um projeto social e ver como eles se comunicam, descobrindo novas possibilidades de compartilhar e criar.

A companhia também promoveu ao longo desse período, na Casa de Cultura da Maré, aulas, oficinas, apresentações  e acolhimento de outras companhias em residência.