Meia Ponta no Verão Arte Contemporânea em BH

Até o dia 1º de abril acontece, em Belo Horizonte, o Projeto Verão Arte Contemporânea. A programação inclui dança, música, teatro, cinema, literatura e artes plásticas, em 60 espetáculos. Um deles é a performance Do Contrário Assim Seria o Mesmo, da Meia Ponta Cia. de Dança.

Dirigida por Marisa Monadjemi, bailarina que fundou a companhia, a obra parte do discurso amoroso para analisar a ausência ou a presença do amor, e encena, nas palavras da diretora, a grafia do amor sob a ótica da dança contemporânea.  Outro questionamento presente no trabalho é como cada corpo lida com a obra coreográfica criada por outro.
 
A coreografia foi concebida por Tuca Pinheiro , que contou com a colaboração das dançarinas Inês Amaral, Joana Wanner e Joelma Barros. A trilha sonora é resultado de uma parceria entre o pernambucano Kiko Klaus e o peruano Carlos Jaramillo.

A companhia se apresenta no Teatro Francisco Nunes, de 14 a 18 de março ( quarta a sábado às 20h e domingo às 19h).