O dia-a-dia e o lirismo no ensaio aberto da Cia. Auto-Retrato

Autoretrato O que separa e o que funde o registro cotidiano do registro lírico? Onde eles se encontram? Algo os diferencia essencialmente? – um olhar mais cuidadoso, um instante a mais? Qual a função do tempo nessa separação e nessa junção? Como o tempo se presentifica, se corporifica, alterando nossas definições e conceitos do poético e do banal?

Essas são as questões fundamentais que geram a encenação do espetáculo Seis da tarde da Cia. Auto-Retrato.
O ensaio aberto acontece nos dias 11 e 12 de outubro, às 20h30, na Sala Maria Elena do Teatro Julia Bergmann (Rua Cruzeiro do Sul, 256 – Barra Funda).