tensão e contraste em Zero Degrees

Zero_degrees Sidi Larbi e Akram Khan, aclamados como uns dos melhores bailarinos europeus, fundem a dança tradicional indiana e a dança contemporânea numa narrativa de tensão e contraste. Um encontro de mentes, partilha de idéias e energia para explorar a diferença, a identidade, a composição e a decomposição num dueto único, acompanhado por quatro músicos em cena (entre eles Nitin Sawhney). Também participou da criação o escultor Antony Gormley.

Zero Degrees nasceu de um trabalho de equipe que os levou numa viagem em busca do ponto de referência, da fonte, do “0” do núcleo da vida. Inspirados nas suas duplas identidades, os dois procuram esse ponto central através de pólos opostos, tais como vida/morte, claro/escuro, caos/ordem.

As apresentações serão nos dias 5 e 6 de julho, no Centro Cultural Belém, e no dia 8 de julho, no Teatro Viriato.

O espetáculo estreou em Londres em julho de 2005, e foi depois apresentado em Paris, Berlim, Gent, Torino, Ferrara, Bordeaux, Antuerpia, Dusseldorf e Roterdam. Co-produção: Cia. Akram Khan e Les Ballets C. de la B.